INTERPI – Instituto de Terras

Interpi inicia vistorias para emissão de títulos de terras em 30 comunidades de Floriano

Compartilhar:

O Instituto de Regularização Fundiária e Patrimônio Imobiliário do Piauí (Interpi) iniciou as vistorias para o georreferenciamento e cadastro de famílias em 30 comunidades no município de Floriano. A medida vai permitir a emissão do título de propriedade da terra para os moradores dos assentamentos, regularizando a situação fundiária de aproximadamente 500 famílias.

De acordo com o diretor-geral do Interpi, Rodrigo Cavalcante, a regularização fundiária é uma medida importante para garantir o direito à terra, segurança jurídica e acesso a políticas públicas para as famílias assentadas. “A regularização fundiária é um passo importante para a garantia de direitos das famílias que vivem nessas comunidades. Com a titulação, elas passam a ter o documento que lhes confere a propriedade da terra onde vivem e segurança para investir e melhorar suas condições de vida”, afirma o gestor.

Já o diretor de Operações do Interpi, Leonel Brito, destaca a importância das vistorias para o processo de regularização fundiária. “As vistorias são uma etapa fundamental do processo de regularização fundiária. É a partir delas que podemos conhecer a realidade de cada comunidade, identificar as áreas que estão sendo ocupadas e como são utilizadas”, explica o gestor.

As vistorias serão realizadas por equipes técnicas do Interpi, que vão percorrer as comunidades para identificar as áreas de ocupação, fazer o georreferenciamento das terras e o cadastramento das famílias. Após a conclusão das vistorias, será iniciado o processo de titulação das áreas, que inclui a emissão de títulos de propriedade em nome das famílias assentadas.

Compartilhar:

Leia também

Pular para o conteúdo